♥ CITAÇÕES DO DIA ♥

quarta-feira, 9 de julho de 2008

O que é Tanabata?

Eu vou....Repasso para vcs e depois conto se foi bom...Bjss...

O Tanabata também é conhecido como o Hoshi Matsuri ou Festival das Estrelas.Foi através de uma antiga lenda, onde, se falava sobre o amor de dois jovens, que somente poderiam se encontrar uma vez por ano, no sétimo dia, do sétimo mês do calendário lunar, pois haviam sido separados pela Via Láctea.
A história conta o amor de dois jovens, o pastor Kengyu (Hikoboshi) e a princesa Orihime (Shokujo). A princesa Orihime que era uma das sete filhas do senhor celestial. Como o amor entre os dois era muito grande, acabaram esquecendo de suas próprias obrigações. O senhor celestial ao saber disso, ficou furioso e os transformou em duas estrelas separadas pela Via Láctea. Após algum tempo, o senhor Celestial sentiu muita pena de sua filha e concedeu apenas um dia do ano para que os dois se reencontrassem. Este dia era o sétimo dia, do sétimo mês do ano. (07 de Julho).

TANABATA 2008 - 04/07 13/07

15º FESTIVAL TANABATA
De 11, 12 a 13 de julho(sexta a domingo)
Local: Parque Municipal Morro do São Bento

Horários:Dia 11 de julho (sexta) – das 19h às 23hDia 12 de julho (sábado) – das 10h às 23hDia 13 de julho (domingo) – das 10h às 23h

Acontece:15º Festival Tanabata

O Tanabata é uma festa tradicional da cultura japonesa baseada em uma lenda chinesa existente há 4.000 anos adaptada pelos japoneses há mais de 1.300 anos. O Tanabata Matsuri ou Festa das Estrelas e sua lenda têm origens em um festival chinês chamado kikkoden, que chegou ao país no período Heian (794-1185). Comemoração realizada apenas pelos nobres, que se popularizou no período Edo (1603-1867) quando Date Masamune, rei do norte do Japão no início do século XVII promoveu em Sendai, uma festa em homenagem às mulheres e crianças onde elas recebiam o deus da água na sua oficina de tear e passavam a noite tecendo. No dia seguinte, elas presenteavam o deus da água com o tecido já pronto. Estas mulheres eram denominadas tanabatatsume. Tanabata seria abreviatura de tanabatatsume, cuja tradução é tecelã. Desde então, o Tanabata é comemorado todos os anos, mas teve seu recesso durante as guerras. Após o conflito mundial foi importante comemorar a data para que novas esperanças alegrassem o povo japonês. (fonte site: Aliança Cultural Brasil Japão 26/04/2005 - Japão de A a Z).Tanabata em Ribeirão PretoDevido à grande concentração de imigrantes japoneses e descendentes em Ribeirão Preto e região e pela absorção e fascínio que a cultura japonesa possuía e poderia proporcionar a cidade, a festa foi introduzida no calendário oficial de eventos da cidade desde 1994.O Festival Tanabata tem como objetivo estreitar as relações entre a colônia japonesa e a comunidade em geral, ao mesmo tempo em que desperta e reforça o interesse da sociedade na formação e transferência do conhecimento desta cultura milenar.Através das suas várias manifestações artísticas: danças folclóricas, música e seus delicados instrumentos (shamizen, shakura, etc.), artes marciais, tambores japoneses (taiko), canto (karaokê), artes plásticas (pintura, origami, kirigami, etc.), arranjos florais (Ikebana), cultivo de árvores em miniaturas (Bonsai) há o fortalecimento da cultura de um povo aos seus descendentes estimulando a formação de uma sociedade Nipo-Brasileira fortemente alicerçada na Educação e na Cultura.Na cultura japonesa temos vários conceitos ao nosso alcance para orientar o estilo de vida ocidental com os ensinamentos de um povo discreto e disciplinado. O Tanabata, festa tradicional no Japão, reflete este reconhecimento. A cada ano que passa atrai mais pessoas interessadas em conhecer e, sobretudo vivenciar essa sabedoria.É esta mistura de aprendizados que se faz cada ano melhor a experiência de proporcionar três dias de tradição e de reflexão ao público que prestigia o Festival Tanabata e um futuro aprimoramento e construção de novos saberes.Infra-estrutura e localA estrutura conta com 40 expositores distribuídos em três áreas distintas sendo duas áreas destinadas para alimentação e uma área para produtos secos: objetos artesanais, decoração e serviços.Um palco montado parte na mais alta do Parque Municipal Morro do São Bento proporciona ao público maior visibilidade dos espetáculos.Toda a área que compreende o Parque Municipal Morro do São Bento, inclusive o espaço aéreo, é decorado com kussudamas (enfeite confeccionado com flores e fitas de papel colorido representando as estrelas Veja e Altair). Também são montados arcos verdes de bambu com enfeites que lembram gigantes cometas com cauda (referindo-se as estrelas da lenda), todos confeccionados pela comunidade japonesa e expositores durante os dois meses que antecedem a comemoração. Toda esta decoração é feita em uma área arborizada que dá fundos ao Bosque Municipal “Fábio Barreto” o que proporciona um ar nostálgico ao local que fica próximo ao Teatro Municipal e Teatro de Arena. O evento é aberto ao público, com entrada gratuita e uma excelente oportunidade de encontro com a tradição japonesa, sua culinária exótica, shows de dança, shows de Taikô (tambores japoneses) músicas tradicionais, oficinas de Ikebana, origami, bonsai e pipas, e exposições de artes plásticas e uma variedade de objetos e produtos japoneses.

Um comentário:

Anônimo disse...

EU JÁ FUI, É MUITO BOM CONHECER OUTRAS CULTURAS.

ADOREI, AMEIII




MAYRA

Olha a Hora!!!

relojes web gratis