♥ CITAÇÕES DO DIA ♥

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Por que se preocupar?



Por que se preocupar

com algumas rugas?
'Ame a todo momento, todos os dias,

de todas as formas e maneiras,

de qualquer jeito, em todo lugar,

sem culpas, sem pudores,

sem preconceitos, sem tabus, sem vergonha....

MAS AME!!!'

 
A VIDA É O DEVER QUE NÓS TROUXEMOS PARA FAZER EM CASA.
Quando se vê, já são seis horas!

Quando se vê, já é sexta-feira...

Quando se vê, já terminou o ano...

Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.

Quando se vê, já passaram-se 50 anos!

Agora é tarde demais para ser reprovado.

Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olharia o relógio.


Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.

Desta forma, eu digo:

Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo,

a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.

Mário Quintana

domingo, 15 de agosto de 2010

MEU ANJO LUCAS 16/08/1992

Em 13 de agosto de 1992 nasceu meu primeiro filho Lucas, prematuro de quase 7 meses na Santa Casa de Misericórdia em Ribeirão Preto-SP.O significado de seu nome é Luminoso e Brilhante, bem como um cometa que passa logo e marca quem o vê.Por motivos maiores, os anjos levaram meu filho no dia 16 de agosto de 1992.

Meu chão sumiu..............
Ainda não consigo descrever a dor que senti......
Guardo até hoje, o seu olhar, a sua mãozinha na minha,os dedinhos...
Guardo também o trecho que tirei na bíblia naquele dia:

(Luc. 1, 19). São Lucas disse: "Foi enviado por Deus o anjo Gabriel a uma cidade da Galiléia, a uma virgem chamada Maria, e chegando junto a ela, disse-lhe: "Salve Maria, cheia de graça, o Senhor está contigo". Ela ficou confusa, mas disse-lhe o anjo: "Não tenhas medo, Maria, porque estais na graça do Senhor. Conceberás um filho a quem porás o nome de Jesus. Ele será filho do Altíssimo e seu Reino não terá fim". Segundo a tradição, Gabriel e seus anjos são os mensageiros das boas notícias, nos ajudam a dar bom rumo e direção à nossa vida, nos dão compreensão e sabedoria.
É a ele que recorremos quando necessitamos desses dons.


Vou deixar aqui uma mensagem extraída do livro: ELE ENXUGARÁ SUAS LÁGRIMAS, de Carlos A. Schmitt, e me ajudou tanto nos meus momentos de dor, espero que possa ajudar alguém que perdeu um ente querido, assim como me ajudou muito, estas palavras são maravilhosas e servem de exemplo para todos nós.
MENSAGEM


Se nossa fé não for além dos horizontes materiais, se Deus não significar a certeza de nossa vida que se eterniza, se a ressurreição do Cristo não for protótipo da nossa, qual será nossa esperança, qual será nosso consolo?


Você precisa da presença de um amigo que descubra, com você, novos horizontes para seus olhos cansados de chorar, para o coração inconformado com a perda de quem, a seu ver, não deveria ter partido ainda. Sei que pouco dizem as palavras quando o sofrimento fala bem alto do que elas. Sei, porém, que a sua fé realiza maravilhas e você está lembrando muito bem que sua vida continua. Por isso mesmo, você precisa superar as lágrimas, por mais difícil que seja, e readquirir aos poucos o sorriso que fugiu do seu olhar. Chorar é humano. É sinal de estima. De amor. De solidariedade. Chorar alivia. Por isso, não faz mal que você chore. Quando as lágrimas lavam o coração – porque ele ama – elas são uma bênção. Contudo, lembre-se, amigo, de que você precisa retornar à lide cotidiana. “fortifique seu coração em Deus e erga os joelhos vacilantes”, e retome sua vida. Há sempre alguém precisando de você. Só a fé em Jesus Cristo é capaz de lhe dar o consolo que você procura. Diante da morte, todos os argumentos terminam. Somos limitados demais para encontrar a resposta exata que o nosso coração almeja. Para quem tem fé, a morte deixa de ser um fantasma e se torna a condição indispensável para o encontro do homem com Deus. Para quem crê em Jesus Cristo, a morte é o começo da felicidade eterna, libertação de todas as amarras que prendem nosso corpo à terra. É começo de tudo, e não “fim de tudo”, como infelizmente ousam afirmar incrédulos e materialistas.

O passo mais importante e decisivo que você vai dar um dia ( quando será?...) é o momento de sua morte. Siga Jesus Cristo e confie nele. Há um lugar preparado para você no céu. Veja de não perdê-lo! Se fôssemos apenas matéria, desapareceríamos no pó da terra e ninguém se lembraria mais de nós. Mas, se você leva flores ao túmulo de quem ama ( veja, eu disse “ama” e não “amou”), é porque dentro de você a vida de Deus fala bem mais alto que a descrença de quem pretende reduzir o homem ao nível das coisas. O irmão que partiu não era objeto de carne, mas, sim:pessoa, criada à imagem e semelhança de Deus e , por isso mesmo, possuidor de uma alma imortal, de uma vida que não morre. Para Deus nada é impossível. E foi Jesus Cristo quem no-lo disse e provou que Deus é o Senhor da vida e todos havemos de ressuscitar um dia. A Paixão de Jesus Cristo veio dar um sentindo novo à dor. São Paulo diz: “ Agora é o tempo da salvação”. Se você espera salvar-se “depois”, está muito enganado...Não pense tanto no irmão que partiu, no vazio que deixou, na saudade que fere, como na sua preparação para o reencontro. A morte é o começo de uma história de amor que você vai viver, eternidade afora, com Deus e com os irmãos. Por isso, prepare-se bem para esse dia. Se de momento é duro aceitar a separação, se há tantos mistérios circundando o seu coração intranqüilo e infeliz pela perda do ente querido, volte seus olhos para Deus e faça uma prece de esperança na vitória final. Você viverá um dia a alegria do grande reencontro. Total. Definitivo. Onde não mais haverá despedida. Onde não mais haverá separação. – Você reencontrará o filhinho que partiu com pouco tempo. Será o dia da grande festa. E não haverá medo, nem pranto. Apenas alegria, apenas Amor. Prepare-se, amigo, para este dia. Esqueça as lágrimas, e olhe para frente. Viva profundamente o amor a Deus e ao próximo, e você passará da morte para a vida, porque amou seu irmão. E você poderá dizer, exultante de júbilo: “ Na minha própria carne verei a Deus. Eu mesmo o comtemplarei com os meus próprios olhos.” “E Deus enxugará toda lágrima de seus olhos.” Sim, meu amigo: ELE enxugará suas lágrimas. Ninguém melhor do que ele, para compreender a sua dor. Não queira, pois, revoltar-se, se você não compreende o porquê de tudo que sucedeu. Deus, nosso pai, sabe o que faz. Ele velará por você e não o deixará sozinho.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

OSTRA



Você sabia que uma ostra que não foi ferida não produz pérolas?

As pérolas são uma ferida curada.
Pérolas são produto da dor, resultado da
entrada de uma substância estranha ou
indesejável no interior da ostra,
como um parasita ou um grão de areia.
A parte interna da concha de uma ostra
é uma substância lustrosa chamada nácar.

Quando um grão de areia penetra, as
células do nácar começam a trabalhar e
cobrem o grão de areia com camadas e mais
camadas para proteger o corpo indefeso da
ostra. Como resultado, uma linda pérola é formada.
Uma ostra que não foi ferida, de algum modo,
não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada:

a.. Você já se sentiu ferido pelas palavras rudes de um amigo?
b.. Já foi acusado de ter dito coisas que não disse?
c.. Suas idéias já foram rejeitadas?

Então produza uma pérola… cubra suas mágoas
e as rejeições sofridas com camadas e camadas de amor.
Lembre-se apenas de que uma ostra que não foi ferida,
não produz pérolas, pois uma pérola é uma ferida cicatrizada.

domingo, 8 de agosto de 2010

AO MEU PAI POR TODOS OS DIAS!


P A I !



Pai nosso de todos os dias,

Imagem e semelhança Daquele lá do céu.

Um ser especial,um companheiro fiel... Fonte de amor, de esperança e de sabedoria!

Tudo que sabemos e somos, aprendemos contigo.

Ensinaste-nos dando exemplos, fazendo!

Assim crescemos, fazendo e aprendendo,

Sempre vendo em ti um modelo, um amigo.

De ti, trazemos no sangue e nos nomes, gotas e pedacinhos,

Verdadeiros símbolos de amor e de carinho,

Que se integraram à nossa vida,fazem parte do nosso ser, Ser pai é mais que missão,É exercício pleno do amor, através da entrega e da doação.

É dar a própria vida, para que os filhos possam viver!

Pai, obrigada pela VIDA
Te amamos...
Roberta e Renata.

sábado, 7 de agosto de 2010

ESTOU EM MODO"CHOCÓLATRA"



Quem me conhece sabe que amo chocolate.
Repasso algumas informações para vcs!!!


O chocolate vem sido usado como bebida desde o começo de sua história. A civilização maia cultivava o cacau em seus quintais. Das sementes, fazia-se uma bebida amarga chamada xocoatl, geralmente temperada com baunilha e pimenta. O xocoatl, acreditava-se, combatia o cansaço.
Resíduos de chocolate encontrados numa peça de cerâmica maia de Río Azul, na Guatemala, sugerem que já era utilizado como bebida por volta do ano 400 d.C.

Em novembro de 2007, arqueólogos encontraram vestígios de uma plantação de cacau datada de 1100 a 1400 a.C., em Puerto Escondido, Honduras. Pelo tipo de recipiente encontrado e pela análise de seu conteúdo, concluiu-se que produzia-se uma bebida alcoólica pela fermentação dos açúcares contidos na parte branca que envolve os grãos.
Documentos a respeito dos hieróglifos maias dizem que o chocolate era usado tanto para fins cerimoniais como no cotidiano.Na América Central pré-colombiana, grãos de cacau eram usados como moeda. Todas as áreas conquistadas pelos astecas eram obrigadas a plantar cacau e pagar um imposto em grãos.

Mas os europeus só foram apresentados a esse grão após a derrota dos astecas por Cortez, no século XVI, quando passou a ser consumido pelas cortes europeias na forma de bebiba. Para acompanhar a demanda da novidade, o exército espanhol começou a cultivar o cacau em plantações na América, usando o trabalho de escravos nativos. Na Europa, apenas a realeza e os ricos podiam se dar ao luxo de consumir o caro produto importado.Na Inglaterra, a primeira chocolataria foi inaugurada em Londres, em 1657. Em 1689, na Jamaica, o famoso médico e colecionador Hans Sloane desenvolveu uma bebida à base de leite com chocolate que foi inicialmente usada por boticários, mas mais tarde vendida para os irmãos Cadbury. A Espanha passou a cultivar o cacau em plantações, com mão-de-obra africana escravizada.


Por centenas de anos, o processo de fabricação do chocolate permaneceu o mesmo. Quando a  RevoluçãoIndustrial chegou, muitas mudanças
Apesar de o chocolate ser geralmente consumido por prazer, há alguns efeitos positivos para a saúde na ingestão do alimento. O cacau ou o chocolate amargo, por exemplo, são benéficos para o sistema circulatório. Outros efeitos incluem as propriedades anticancerígenas, estimulantes cerebrais e a capacidade de curar diarreias, entre outros. As propriedades afrodisíacas dos chocolates ainda não foram comprovadas.


Por outro lado, ingerir grandes quantidades de alimentos altamente energéticos, tais como o chocolate, aumenta o risco de obesidade. Há uma preocupação a respeito de casos de envenenamento leve por chumbo através do consumo de alguns tipos de chocolate.
Um estudo da BBC indicou que um chocolate derretendo na boca de uma pessoa causa um aumento na atividade cerebral e nos batimentos cardíacos que é mais intenso do que o associado a beijos apaixonados, e que duravam quatro vezes mais tempo após o término na atividade.
Há centenas de anos, povos europeus e da América do Sul usavam o chocolate para o tratamento de diarreia.


Efeitos no sistema circulatório


Estudos recentes sugerem que o cacau e o chocolate amargo podem surtir certos efeitos benéficos na saúde humana. O cacau possui uma considerável ação antioxidante. Outros estudos também observaram que ocorre uma pequena diminuição na pressão sangüínea após o consumo diário de chocolate amargo. Existe até mesmo uma dieta, a "Dieta do Chocolate", que sugere a ingestão de cacau e chocolate em cápsulas. No entanto, o consumo de chocolate ao leite ou chocolate branco, ou beber chocolate amargo com leite gorduroso, parecem anular o benefício na saúde. Na verdade, quantidades pequenas e regularmente ingeridas de chocolate reduzem o risco de ataque cardíaco.


Afrodisíaco ,ocorreram e trouxeram o alimento para a forma em que o conhecemos hoje. No século XVIII,máquinas de espremer manteiga de cacau foram criadas. Isso ajudava a fazer um chocolate mais consistente e durável. A partir daí, o consumo do chocolate foi popularizado e espalhado pelo mundo todo.
A cultura romântica considera o chocolate um afrodisíaco. As famosas qualidades afrodisíacas do chocolate estão geralmente associadas ao simples prazer sensual de seu consumo. Além do mais, a natureza doce e gordurosa do chocolate estimula o hipotálamo, induzindo sensações prazerosas e elevando o nível de serotonina. Apesar de a serotonina ter efeitos prazerosos, em excesso pode ser convertida em melatonina, que, por sua vez, reduz a libido. Finalmente, o chocolate tem substâncias que podem ativar receptores canabinóides, o que causa sensações de sensibilidade e euforia. Um presente com chocolates é um ritual de corte muito comum.


Acne
Há uma crença popular de que o consumo de chocolate pode causar acne. Vários estudos mostram que esse é o caso de alimentos com alto índice glicêmico em geral, apesar de essa questão ainda estar sendo estudada. Sabe-se que o leite estimula o aparecimento de espinha


Valor nutritivo
O chocolate é um alimento muito nutritivo. Contém proteínas, gorduras, cálcio, magnésio, ferro, zinco, caroteno, vitaminas E, B1, B2, B3, B6, B12 e C.


Estudos recentes sugerem a possibilidade de o consumo moderado de chocolate preto e amargo trazer benefícios para a saúde humana, nomeadamente devido à presença de ácido gálico e epicatecina, flavonóides com função cardioprotetora. Sabe-se que o cacau tem propriedades antioxidantes. O chocolate constitui ainda um estimulante devido à teobromina, embora de fraca capacidade. O chocolate também possui cafeína e sua ingestão faz com que o corpo libere neurotransmissores como a endorfina.



Para Entender Uma Mulher...



(Carlos Drumond de Andrade)
Para entender uma mulher é preciso mais que deitar-se com ela...
Há de se ter mais sonhos e cartas na mesa que se possa prever nossa vã pretensão...
Para possuir uma mulher é preciso mais do que fazê-la sentir-se em êxtase numa cama, em uma seda, com toda viril possibilidade. .. Há de se conseguir fazê-la sorrir antes do próximo encontro
Para conhecer uma mulher, mais que em seu orgasmo, tem de ser mais que amante perfeito...
Há de se ter o jeito certo ao sair, e fazer da saudade e das lembranças, todo sorriso...


- O potente, o amante, o homem viril, são homens bons... Bons homens de abraços e passos firmes...
Bons homens pra se contar histórias... Há, porém, o homem certo, de todo instante: O de depois!

Para conquistar uma mulher, mais que ser este amante, há de se querer o amanhã,
E depois do amor um silêncio de cumplicidade. ..


E mostrar que o que se quis é menor do que o que não se deve perder.
É esperar amanhecer, e nem lembrar do relógio ou café...


Há que ser mulher, por um triz e, então, ser feliz!
Para amar uma mulher, mais que entendê-la, mais que conhecê-la, mais que possuí-la,


é preciso honrar a obra de Deus, e merecer um sorriso escondido, e também ser possuído e, ainda assim, também ser viril...
Para amar uma mulher, mais que tentar conquistá-la,
há de ser conquistado. .. Todo tomado e, com um pouco de sorte, também ser amado!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

BASTAVA UMA SIMPLES CONVERSA...


Um casal tomava café no dia das suas bodas de ouro. A mulher passou a manteiga na casca do pão e deu para o seu marido, ficando com o miolo.


Pensou ela:

- Sempre quis comer a melhor parte do pão, mas amo demais meu marido e, por 50 anos, sempre lhe dei o miolo. Mas hoje quis satisfazer o meu desejo".


Para sua imediata surpresa o rosto do marido abriu-se num sorriso sem fim e ele lhe disse:


- Muito obrigado por este presente, meu amor. Durante 50 anos, sempre quis comer a casca do pão, mas como você sempre gostou tanto dela, eu jamais ousei pedir!


Assim é a vida...


Muitas vezes nosso julgamento sobre a felicidade alheia pode ser responsável pela nossa infelicidade...

domingo, 1 de agosto de 2010

MEDO DA MORTE?

O Medo é um sentimento natural e necessário para que sejamos prudentes frente a perigos que possam prejudicar nossa vida. Como menciona Joanna de Angelis em várias de suas obras, o medo da morte resulta do instinto de conservação que trabalha a favor da manutenção da existência.


Por que temos tanto medo da morte? Parece que, de tanto se ouvir falar da morte (não de se discutir e se informar sobre ela) e do pavor que a mesma semeia sobre nossas vidas através dos tempos, a pergunta parece simplória e sua resposta poderia soar um tanto quanto óbvia. Mas, não é bem assim, pois envolve algo, senão tão misterioso quanto a morte, mas igualmente intrigante e presente em nosso mundo imaginário e sentimentos, que é a própria idéia ou medo da morte. Como lembra a frase de William Dunbar, “Timor mortis conturban me”, ou seja, “A idéia da morte me deixa morto de medo”, e o sentido do medo, às vezes, torna-se maior do que a própria morte.

Muitos são os estudiosos do medo e a maioria deles tem constatado que muitos dos medos podem se transformar em fobias, ansiedade e pânico, que podem ser analisados como estágios crônicos do medo, cujas conseqüências e repercussões são, normalmente, desastrosas e comprometedoras, por vezes, afetando nosso comportamento e personalidade e, conseqüentemente, influenciando nosso modo de viver.

Desmistificando o pensamento popular de que homem que é homem nem chora e nem tem medo, é inegável que todos tenhamos medo, assim como todos choramos. Muito embora, muitos o façam escondido e neguem tal fato, o que se caracteriza como sendo uma bobagem, pois rir e chorar sao consequencias de sentimentos e emoções inerentes ao ser humano. Por outro lado, negando o medo ou não, este é importante em nossas vidas, talvez, tanto ou mais do que a coragem e a bravura, seus antagônicos, desde que se manifeste como alerta consciente à sobrevivência e nos faça pensar melhor em nossas atitudes e suas conseqüências. Na verdade, se constitui em um estado emocional de alerta frente ao perigo, à ameaça, à insegurança e às incertezas, existindo como um mecanismo psicológico de defesa. Ao contrário, o medo da morte só traz angústia e ansiedade.

Vários têm sido os conceitos para o medo e, no final, parece que cada um deles apenas nos mostra uma de suas facetas, permanecendo assim, nas entrelinhas (como diria Lacan), muito mais do que realmente é e, adormecido ou sempre em estado de alerta, em nossos sentimentos e em nossa consciência.

Como os instintos necessários à sobrevivência, o medo também é uma das mais antigas emoções do ser humano que, embora não pareça, tem garantido sua existência e sobrevivência através dos tempos, possuindo grande importância no psiquismo e personalidade humana, a ponto de exercer enorme influência e determinações em seu comportamento. Pois é por meio do medo que o ser humano descobre o quanto é vulnerável através de suas fraquezas e incapacidades de enfrentar determinadas situações, transpor obstáculos e se manter isento de perigos. O medo é psicossomático e essa condição está intimamente relacionada às diferentes reações desencadeadas como respostas a este fenômeno que, diga-se de passagem, são várias e normalmente diferentes, de pessoa para pessoa. Nunca devemos esquecer, no âmbito Portanto, temos medo da dor porque ela “machuca” nosso físico e a sensação psíquica que temos é de sofrimento imediato. Por outro lado, o medo também “invade” nossas mentes e habita nosso emocional, manifestando uma dor mais lenta, porém mais duradoura, arrefecendo nosso corpo e desencadeando, inclusive patologias orgânicas. Pior ainda é se criamos o medo em nosso imaginário, antecipando “possíveis ilusões, traumas e dores psíquicas” para alguma coisa que nem sequer ainda aconteceu. Como vemos, o medo, quando em forma patológica, pode causar muitos problemas, de várias ordens, em nossas vidas.


Assim sendo, existe medo pra tudo no mundo e o que, a princípio, parece um desastre, logo se configura como sendo uma vantagem, além do que não podemos nos dar ao luxo de ter apenas um medo, porém vários. A lista realmente não é pequena e, evidentemente, dentre eles está um dos maiores medos da humanidade, a morte!


O medo da morte explica-se por si só, ou seja, pelo fator medo e não somente pelo fato da morte existir, mas pela constante e infindável ameaça que a mesma semeia sobre nós. Em segundo lugar viria o desconhecimento sobre a morte, responsável pelo constante temor do que ela representa e pelo seu eterno mistério desconhecido. Como se isso não bastasse para a aflição dos humanos, o medo da morte é rotulado também como sendo a origem e a evolução de todos os demais medos. Isso explica porque temos medo da separação, da distância e da perda de tudo que gostamos, necessitamos e nos apegamos, pois ao perdemos algo, alguém ou qualquer coisa que represente essa necessidade, afeição esse algo que já é parte de nosso ser, é algo que morre em nós, porém não antes da angústia do medo nos conduzir a esse fato.

Retomando a questão básica sobre o medo da morte, Kastenbaum diz, no seu livro Psicologia da Morte que “o medo à morte não deve ser cultivado nem tolerado: deve ser superado”. Se analisarmos melhor, veremos que esta não é uma frase de enfeito, porém um sábio entendimento, pois no dia em que superarmos o medo da morte, certamente a venceremos mesmo que continuemos a morrer. Podemos ver, finalmente, que uma das formas de se ter menos medo da morte é conhecendo o próprio medo e, em seguida, sabendo melhor quem e o que é a morte e qual a sua face.

Juarez Chagas / Professor do Centro de Biociências da UFRN

A LIGA



Eu adorooo o CQC na band as segundas, desde maio deste ano a Bandeirantes estreou o programa “A Liga”. O programa possui formato jornalístico com reportagens e documentários, mas o teor das notícias abordará assuntos sociais, o caso dos moradores de ruas e da prostituição , a morte são alguns que já foram ao ar.



Para compor “A Liga”, estão no elenco o comediante e jornalista do CQC, Rafinha Bastos, as atrizes Rosanne Mulholland e Tainá Muller, a última fazendo participações especiais, a jornalista e apresentadora Débora Vilalba e o rapper Thaíde.


A cada semana, os quatro apresentadores sentirão na pele diversas realidades sociais. Este time investigará, sob diferentes pontos de vista, um tema por programa, mostrando-o drama e humor, usando recursos como a tela dividida, que exibe mais de uma ação ao mesmo tempo.
Não esqueça de ver o programa A Liga da Band, a atração vai ao ar toda terça-feira, às 22 horas e 15 minutos.





Olha a Hora!!!

relojes web gratis