♥ CITAÇÕES DO DIA ♥

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

♥♥♥MENSAGEM DE FIM DE ANO♥♥♥



Olá pessoal, muito tempo ausente...Mas aqui estou. Deixo minha mensagem de Natal e Ano Novo com muito carinho! Abraços...

Não sei dizer quem inventou as horas, quem teve essa idéia de dividir o tempo em períodos. Mas é perfeito, como tudo o mais que Deus fez. Às vezes nos dizemos que queríamos ter mais
que 24 horas para termos tempo para tudo,mas não é verdade que seria bom. Precisamos ter tempo de descanso no fim do dia, fim da semana... e no fim do ano. Estou fechando hoje as atualizações do ano 2008. Foi um ano rico em bênçãos, com algumas batalhas e vitórias. Nunca de desânimo, felizmente. Não reclamo por ter tido algumas dificuldades, pois sabemos falar melhor daquilo que sentimos na pele e se minhas experiências podem ajudar outras pessoas, elas não são em vão, mesmo se dolorosas. Jesus aceitou a cruz por nós e Ele nem a merecia, então... quem somos nós para reclamar de alguma coisa? Cada um tem seu caminho, cada um sua cruz e mesmo se não podemos tirar a mesma dos ombros de ninguém, podemos ser aqueles que vão ajudá-los, de maneira que ela se torne menos pesada. Minha maior alegria é quando me escrevem dizendo que se sentem mais leves depois de lerem os textos, que eles fazem bem. E eu me digo: -Puxa, valeu a pena! Vale a pena a vida, se a nossa vida vale a pena para alguém. Deixo a mensagem de Letícia para fechar bem o Ano.


Meus amigos! © Letícia Thompson
Se eu tivesse o dom de pintar quadros, faria um onde meus braços pudessem alcançar o mundo e colocaria todos vocês dentro desse imenso abraço. No decorrer do ano e mais ainda nesse final, recebi inúmeras manifestações de carinho, palavras que muitas vezes eu nem soube agradecer. Disseram pra mim que ensino a vida, que carrego emoções em palavras e tiveram mesmo a grande gentileza de dizer que parece que eu escrevo dentro dos corações. Essas coisas me calam muitas vezes, porque penso que vocês não têm consciência do quão importantes são à minha existência. Na minha maneira de pensar, a vida só tem sentido se damos de nós às pessoas e quando recebo as respostas de vocês, pra mim são mãos segurando minhas mãos e braços me carregando nos braços. Nem sempre a vida é um mar de rosas e as lágrimas me fizeram companhia inúmeras vezes. Mas o sol brilhou em outras e a chuva me cantou lindas canções. E, em todos esses momentos, estavam vocês, seja me amparando, seja compartilhando minhas alegrias. Não pensem que vocês aprendem alguma coisa comigo... não... nós aprendemos juntos, tenham certeza disso. Tento viver o que penso ser o certo e, creiam, se parece difícil à vocês é difícil a mim também. Fazer a vontade de Deus e cumprir os ensinamentos de Jesus contraria muitas vezes nosso modo de vida ou o que a sociedade espera de nós e é preciso sermos fortes. E não somos, mas podemos nos fortalecer em Cristo. Tenho hoje um grande pedido a fazer ao Senhor: que Ele esteja guardando os caminhos de cada um de vocês, dando sabedoria nas escolhas, alento nos momentos rudes e paz de espírito no dia-a-dia. Quero que saibam que pouco importa o que a vida vos ofereça ou imponha, Deus é uma presença constante e quem segura Suas Divinas Mãos jamais se sentirá desamparado. Que Cristo faça morada permanente em suas vidas, que haja sol para iluminar o dia e chuva para fertilizar a terra. Que nunca falte o pão na mesa, nem amor no coração! Obrigada de todo meu ser a cada um de vocês por compartilhar minha vida, minhas palavras, meu caminho. Que tenham não o mais lindo dos Natais, pois o melhor ainda está por vir, mas que esse seja tão perfeito quanto desejarem! E que o ano próximo seja fértil! Que a terra produza flores e frutos! Deixo aqui meu abraço que abraça o mundo e que alcança cada um de vocês! Com muito, muito amor!...


























domingo, 7 de dezembro de 2008

REFLEXÃO PARA O DOMINGO

Olá pessoal deixo aqui essa reflexão e até a próxima, bjssss

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas ...
Que já têm a forma do nosso corpo ...
E esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre
aos mesmos lugares ...

É o tempo da travessia ...
E se não ousarmos fazê-la ...
Teremos ficado ... para sempre ...
À margem de nós mesmos..."

Palavras de Fernando Pessoa...
Somos responsáveis pelas escolhas que fazemos e pela nossa própria vida...
E essas escolhas implicam desistir por vezes de algumas coisas que custam de deixar para trás... No entanto, são essas escolhas difíceis que nos tornam naquilo que somos hoje e que permitem que consigamos atingir os nossos objetivos em busca da felicidade...


A felicidade do outro / Leticia Thompson


Vocês sabem quando sabemos que amamos alguém de verdade? Não é quando está tudo bem, quando nunca houve maré baixa. Assim é muito fácil. Que sejam amigos ou amores, é muito fácil dizer que se ama e desejar a felicidade do outro quando tudo corre como um rio tranqüilo.

Mas o amor mesmo, só pode ser provado quando o coração estiver quebrado em pedacinhos. Não que não exista se nunca ocorrem problemas, claro que existe. Mas quando a adversidade bater na porta da relação, aí então é que podemos estar seguros dos nossos sentimentos.

Amor não se desmancha com mágoa não. Nem com ressentimentos, nem com decepções, nem com problemas. Que amor frágil é esse, se assim for?

Sabemos que amamos alguém quando somos capazes de desejar sua felicidade passando por cima da nossa dor.

E é sobre isso que falo um pouquinho hoje.

E quem nunca sentiu um amor assim de tanta grandeza, ore ao Pai. É um sentimento sublime e só mesmo nosso Divino Pai é capaz de colocar em nosso coração. E Ele não nos dá, Ele nos oferece.

Sobre Letícia Thompson

Pra quem me conhece sabe que sou fã dessa poetisa.
Um pouco sobre ela pra vcs...
Bjssss


Apresentação

Eu me perguntava o que iria falar sobre mim mesma.
Centenas de coisas, talvez. Mas não se preocupem.
Sei que muitos têm curiosidade; a maior parte das pessoas
com as quais convivo diariamente na internet são virtuais.
E essa grande parte me conhece através das coisas que
eu escrevo, através dos sonhos que eu ouso colocar
em palavras, de sentimentos que exponho.

Já me perguntaram o que eu ganho com esse site.
Que pergunta!!! Financeiramente, nada.
O que eu ganho, dinheiro nenhum no mundo saberia
compensar: carinho, calor e amor das pessoas.
Gente que nunca me viu e que, portanto, está próxima
de mim, participa desse mundo que é tão importante pra mim.
Eu nasci numa pequena cidade chamada
Itapemirim, no Espírito Santo, dia 11 de fevereiro de 1964.
Nunca terminei minha faculdade de Letras, mas, em troca,
aprendi outras línguas. Daí se vê que quando uma porta
se fecha, Deus nos abre uma janela.

Vim para a Europa em maio de 1990. Aterrisei em
Bruxelas, coração da Bélgica e da CEE. Descobri,
maravilhada, esse pequenino país em que vivo e
que me adotou. E para ser honesta, adotei também
no meu coração. Não foi difícil, embora a saudade
da família, amigos e próprio país às vezes sejam enormes.
Hoje eu moro numa pequena cidade chamada
Braine-l'Alleud, principal cidade da região Brabant Wallon.
Tenho duas princesas que são uma das razões da
minha vida, Luíza e Madeleine.

Apesar de tudo, tenho ainda sonhos e espero por eles.
Sou irremediavelmente romântica. Esse site me realiza,
ele é parte de mim e cada um que está envolvido, que
seja participando ativamente, ou só recebendo o que
envio, é um pedacinho do meu coração.

Escrever pra mim é mais que uma arte, é uma necessidade.
Gosto de silêncio e de barulho de chuva antes de dormir.
Amo todas as flores.
Amo animais.
Adoro rir; choro à toa.

Aprendi, à custa de dor e decepção, que nem todo mundo que
nos chama de amigo é amigo, mas que, felizmente, há muitas
pessoas que não dizem muito, mas com as quais a gente pode
contar. Pessoas que não vemos os olhos e nem pegamos as mãos.

Aprendi também que com perseverança a gente pode ir longe.
E sabem de uma coisa? Um dos meus sonhos é publicar um livro.
Não sei se será amanhã, depois, dentro de dez ou vinte anos,
mas eu sei que estou caminhando.

Obrigada por fazerem parte da minha vida! Quando eu me
sinto desanimada, me lembro que tenho a responsabilidade
de enviar minhas atualizações e isso me mantém de pé.
Eu não gostaria de decepcioná-los. Dando a vocês, recebo
em dobro. E isso não há nada no mundo que pague!

Meu lema:

"Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece."

Um abraço forte e bem carinhoso!...

Leticia Thomson

'Determinismo Genético'


William Shakespeare- dramaturgo (1564-1616) Sempre que uma pessoa afirma, confiantemente,
'eu sou assim...',
note que ela está simplesmente procurando uma desculpa para um comportamento que ela própria sabe não ser o melhor.

Quando faltam argumentos e uma razão real, objetiva e emocionalmente integrada, alguns somente repetem
o velho e 'seguro' chavão:
'eu sou assim...'
e continuam a fazer as coisas da mesma forma.

Isso é chamado de
'crença no determinismo genético'.

Quem diz isso abdica de qualquer responsabilidade sobre si mesmo, jogando a 'culpa' na genética ou nos deuses, como se a própria pessoa não tivesse meios de alterar sua vida.

Existe um meio melhor...
Quem diz 'eu sou assim...',
faz de conta que não está pensando,
faz de conta que não possui liberdade de escolha,
faz de conta que há algo programado dentro dela,
e que não existem meios de alterar essa programação.

A quase totalidade das pessoas que insistem em dizer
'eu sou assim...',
tem receio de mudar e são complacentes com elas próprias,
agindo como uma avestruz,
colocando a cabeça em um buraco no chão...

Mas nós nunca 'somos' coisa alguma.
Sempre estamos.
Estamos jovens, estamos sadios, estamos acordados,
estamos educados, estamos esforçados, estamos atentos,
estamos felizes e assim por diante.

O que 'está' pode ser mudado, mas o que 'é' não pode.
Há uma enorme diferença entre 'ser e estar'.
Quando dizemos que estamos sem dinheiro, estamos solitários,
estamos tristes, estamos sem imaginação,
estamos com problemas...
deixamos claro para os outros (e para nós mesmos)
que esta é uma condição transitória e que estamos
trabalhando para mudar o quadro.

Dizer:
'eu estou acima do peso'é muito diferente de dizer
'eu sou gordo'.

Quando usamos o verbo 'ser', definimos uma condição de vida que independe de nossa vontade.

Sou do planeta Terra:
é uma condição imutável.

Estou na França:
é uma condição transitória.

Escute o que você diz para os outros e para sua própria mente.
Se você disser algo começando com a frase'eu sou assim mesmo...' verifique imediatamente se não está somente tentando explicar o inexplicável para seu próprio coração.

Não tente se enganar, porque, no fundo,
você vai saber que é uma afirmação falsa.
Somente quem muda, sobrevive.

Como diz William Shakespeare:
'Ser ou Não Ser? Eis a questão'

Neste caso, é a sua questão, porque é a sua vida.
Reflita!

Faça certo.



Em alguns instantes, os impulsos
do coração são muito fortes.
E não é fácil encontrar o melhor
a fazer, o caminho seguro.
E isso dói.
No entanto, procure em você até
encontrar as forças de ânimo.
Quanto mais vigorosas, melhor.
Pense nas bênçãos que recebe de Deus
e ponha-se em posição de vitória.
Disse Jesus: "Pedi e dar-se-vos-á, buscai
e achareis, bateis e abrir-se-vos-á."
Confie.
Quando você procura com fé,
o lado certo se apresenta.

O CÂNCER NÃO ACABA COM TUDO...

Olá pessoal, recebi essa mensagem achei interessante demais e repasso ao meu blog, espero que gostem.
LINDA MENSAGEM!

A moça da foto se chama Katie Kirkpatrick, de 21 anos. Ao lado dela está o noivo, Nick, de 23. A foto foi tirada pouco antes da cerimônia de casamento dos dois, realizada em 11 de janeiro de 2005 nos Estados Unidos. Katie tem câncer em estado terminal e passa horas por dia recebendo medicação. Na foto Nick aguarda o término de mais uma destas sessões.


Apesar de sentir muita dor, de vários órgãos estarem apresentando falência e ter que recorrer à morfina, Katie levou adiante o casamento e fez questão de cuidar do máximo de detalhes. O vestido teve que ser ajustado várias vezes, pois Katie perde peso todos os dias devido ao câncer.


Um acessório inusitado na festa foi o tubo de oxigênio usado por Katie. Ele acomp anhou a noiva em toda a cerimônia e na festa também. O outro casal da foto são os pais de Nick, emocionados com o casamento do filho com a mulher que namorou desde a adolescência.

Katie, sentada em uma cadeira de rodas e com o tubo de oxigênio, ouve o marido e os amigos cantarem para ela.



No meio da festa Katie tira um tempo para descansar. A dor a impede de ficar de pé por muito tempo.



Katie morreu 5 dias após o casamento. Esta história corre pela internet como sendo real. Não duvido da veracidade, pois as fotos venceram um concurso americano de jornalismo. De qualquer forma, ver uma menina tão debilitada vestida de noiva e com um sorrisão nos lábios faz a gente pensar se a vida é mesmo tão complicada.


Lembre-se deste post e leia toda vez que estiver estressada com o casamento, quando tiver ataques de raiva por causa do trabalho ou quando pensar em desistir de tudo.

Quando pensar em desistir,lembre-se da luta que foi começar.
BJS ROBERTA


terça-feira, 25 de novembro de 2008

UM DIA DAQUELES.... :(

Oi pessoal, sabe aquele dia que nada dá certo..Parece que tudo vai cair na sua cabeça, é gente querendo passar por cima de você pra se dar bem. Têm dias em que tudo parece dar errado, não é??? Dá vontade de gritar, chorar, bater, uivar!...kkkkkkkkkkk
Tem dias que parece que o universo está conspirando CONTRA você... O cliente não aparece, o contrato não fecha, o trabalho não anda, o computador não colabora, o amigo não vem.. o dinheiro não aparece... Arghhhhhhhhh!!!!!! Dá uma vontade louca de socar todo mundo, né?
O que você faz quando isso acontece?
Bem, ao invés de fazer isso e depois me arrepender amargamente, eu, em primeiro lugar, me convenço de que não é a minha vida que não está andando. E sim AQUELE dia é que não está bom. Talvez seja um sinal de Deus de que não devo fazer nada importante ou quem sabe, muita calma nesta hora espere em Deus e confie nele e espere pelo dia seguinte. Ele certamente será bem melhor!Assim espero kkkkk Recebi uma foto linda maravilhosa de minha afilhada gostosa!!! Sinto tanta falta dela, vocês nem imaginam. Isso já me fez muito bem depois de um dia de fúria e tempestade rsssss. Deixo aqui para vcs! Olhe que já chegou o Natal hehehe, que linda.

Minha BAMBINA!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

UM PENSAMENTO...

Olá pessoal, muito tempo sem postar, falta de tempo mesmo.
Deixo aqui um pensamento para hoje...



'O que me preocupa não é o grito dos maus.
É o silêncio dos bons'

CQC - Custe o que Custar - Parte 1

Para quem não conhece esse programa vale a pena conhecer, eu indico para todos vcs.
Um grande abraço.


CQC - Custe o que Custar.
Afinal de contas, são sete homens vestidos de terno preto, usando inseparáveis óculos escuros. Mas a principal marca do time "Custe o que custar" é a irreverência. Com humor inteligente, audacioso e muitas vezes ácido, o programa faz um resumo semanal das notícias, e nessa varredura dos fatos importantes, sob o olhar atento do CQC, ninguém escapa.


No estúdio, quartel general do CQC, Marcelo Tas, Rafinha Bastos e Marco Luque asumem a bancada, e além de conduzir o programa ao vivo terão a missão de comentar livremente os principais assuntos da semana.SEGUNDAS-FEIRAS, a partir das 22h15 na emissora BANDEIRANTES E REPRISE TODOS OS SÁBADOS AS 20:30.

HOMENS DE PRETO
Marcelo Tas do CQC.
APRESENTADOR

Nascido em 1959, é um dos profissionais mais polivalentes da mídia brasileira: jornalista, ator, apresentador, roteirista e diretor de diversos programas de televisão e rádio. Ficou nacionalmente conhecido pelo seu personagem humorístico Ernesto Varela, repórter fictício que ironizava personalidades com perguntas desconcertantes durante a abertura política. Também foram marcantes suas participações nos programas Vídeo Show (Rede Globo) e Vitrine (TV Cultura), bem como sua atuação como ator, diretor e roteirista de programas premiados internacionalmente, como as séries Rá-Tim-Bum (onde interpretava o Professor Tibúrcio) e o Castelo Rá-Tim-Bum (Porque Sim Não É Resposta). Ao lado de Lobão e Mariana Weickert, apresentou o talkshow Saca-Rolha (Play TV). Na mídia impressa, Tas já escreveu para os jornais Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo; e foi colunista das revistas Trip e Isto É. Na área educativa, Marcelo criou o game "Beco das Palavras" para o Museu da Lingua Portuguesa; e foi o Coordenador de Criação do Telecurso da Fundação Roberto Marinho. Atualmente, Marcelo é autor e apresentador do Blog do Tas no portal de internet UOL.

Rafinha Bastos do CQC.
APRESENTADOR/ REPÓRTER

O ator e jornalista Rafinha Bastos nasceu em 1976, em Porto Alegre. Jogou basquete durante 15 anos quando se mudou para os Estados Unidos onde teve contato com a arte da Stand-up Comedy (comédia de cara-limpa). Artista multimídia, Rafinha sempre usou a Internet para divulgar o seu trabalho e hoje lota salas do país inteiro com o seu solo A Arte do Insulto. Além de compor a bancada do CQC, ele faz shows de stand-up, espetáculos de improviso e ainda protagoniza um seriado na TV a cabo.

Marco Luque do CQC.
APRESENTADOR

Jovem ator dotado de versatilidade para interpretação e com extraordinário talento cômico, atualmente faz parte do elenco fixo do Grupo Terça Insana, onde ele apresenta alguns de seus personagens. Luque já atuou no show Comédia ao Cubo, do Astros Bar e no grupo Companhia dos Ícones e em peças como "Quando as Máquinas Param", de Plínio Marcos. Atualmente divide seu tempo com os shows do Terça Insana, Locutor, Mestre de Cerimônia, comerciais e também como artista plástico preparando sua próxima exposição.

CQC - Custe o que Custar - Parte 2

Oscar Filho do CQC.
REPÓRTER


Oscar Filho é ator e humorista. Formado pelo INDAC em 2003, esteve em montagens como As Bruxas de Salém de Arthur Miller e A Serpente de Nelson Rodrigues.
Foi indicado como Melhor Ator no prêmio Coca-Cola Femsa de Teatro 2004 com o espetáculo A Matéria dos Sonhos.

Está há 3 anos em cartaz com o Clube da Comédia Stand-up em São Paulo e Campinas.

Rafael Cortez do CQC.
REPÓRTER


Ator, músico e jornalista. Como ator, estudou com Roberto Vignati, Roberto Lage, Renato Borghi, Alexandre Padilha, Celso Frateschi, Silvia Leblon e Clerouak. Atuou nos seguintes espetáculos teatrais: Made in Brazil, com direção de Pedro Granato (2002); A Casa de Bernarda Alba, com direção de Melissa Vettore, (2003); Contando Clássicos - Espetáculo de improvisação, com a direção de Maximiliana Reis (2005); Lendas e Loas - com Alejandra Pinel (2006); Os Saltimbancos - direção da Cia. Quatro na Trilha (2004/ 2005/ 2006/ 2007) e O Mágico de Óz - direção de Linaldo Telles - (2006/ 2007).
Na TV, além de diversos filmes publicitários, participou (entre os anos de 1998 e 2003) de produções independentes veiculadas nas redes CNT, Gazeta e Rede Mulher de Televisão. Está no 12º episódio da série especial de Chico Buarque - produção da R.W.R e Rede Bandeirantes, exibida em 2006 e comercializada para todo o Brasil.
No cinema, protagonizou, em 2001, o curta-metragem "X", de Pedro Granato e o curta "Torta", de Ricardo Vargas, a ser lançado em 2008.

Está gravando a obra completa de Machado de Assis em áudio-livro pela Editora Livro Falante. Atuou também em dezenas de eventos institucionais.
É também violonista erudito, com um CD independente (Solo, de 2005) lançado. Compositor de peças para violão solo e músicas populares. Apresentou dezenas de concertos clássicos e estudou com professores como Ledice Fernandes, Edelton Gloeden, Henrique Pinto e Badi Assad.
É jornalista formado pela PUC-SP. Trabalhou em diversas assessorias de imprensa, na revista da faculdade Uni-Nove e foi colaborador de Veja-SP. Esteve por quase 5 anos na Abril Digital, onde desenvolveu diversos conteúdos jornalísticos para celular. Ganhador do 32º Prêmio Abril de Jornalismo em 2007 na categoria Conteúdo para Celular. Foi, também, produtor de teatro e televisão por 10 anos seguidos.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

CQC - Custe o que Custar - Parte 3


Felipe Andreoli do CQC.


Felipe Andreoli é jornalista por natureza. Frequentando as redações de TV desde os 6 anos, quando assistia o pai apresentando telejornais esportivos na TV Globo e Bandeirantes, ele se formou e logo entrou na mesma área.
Começou na cedo na TV Record trabalhando na produção de programas e com apenas 20 anos chegou a apresentar um quadro em um programa evangélico ( sim, acredite, Se chamva Se liga Jovem!). Essa experiência já deu jogo de cintura para se adaptar a qualquer tipo de abordagem com o público.

Depois foi para TV Cultura onde consolidou a carreira e ampliou as funções. Reportagem, Videorreportagem e Apresentação, sempre em seu estilo leve, irreverente, descontraído. Foi para TV Bandeirantes onde continuou exercendo essas funções. Sempre fazendo o outro lado da história, mostrando as coisas de maneira diferente do padrão, original.

O estilo de conduzir suas reportagens o fizeram ser convidado para trabalhar como um dos repórteres no Custe o que Custar- o CQC, onde está desde março de 2008.

Felipe Andreoli também trabalha com o público ministrando cursos, workshops sobre videorreportagem e reportagem em TV, além de apresentar cerimônias e eventos. Realiza cursos no Comunique-se desde 2004.


Danilo Gentili do CQC.
REPÓRTER


Um dos principais destaques da nova geração de humoristas da Grande São Paulo, Danilo Gentili nasceu em 1979 na cidade de Santo André.
Publicitário, humorista, escritor e cartunista, subiu oficialmente no palco pela primeira vez em 2005.
Fundador da Comédia ao Vivo, show de humor em plena ascensão na noite paulistana, integra também o Clube da Comédia Stand-up, principal grupo do gênero no país. Transita por outros festivais e shows como o Comédia Em Pé, no Rio de Janeiro, e o Risorama, mostra oficial de humor do Festival de Teatro de Curitiba.
Danilo tem compromisso com a originalidade e a renovação do material humorístico, encara o público de cara limpa e jamais deixa seus shows caírem em anedotas populares, piadas prontas ou textos que não sejam de sua própria autoria.
Com uma forma bastante particular de enxergar o mundo, Danilo é um dos principais divulgadores da Comédia Stand-Up no Brasil.


quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Mudar...

Pessoal, consegui atualizar um pouco meu blog, rssss...Tenho muita coisa parada que escrevo e guardo para atualizar, infelizmente, o meu tempo é contado ultimamente rsssssss.
Mas vou atualizando aos poucos.
Um grande beijo com carinho para todos.
E obrigada por cada comentário lindo que recebo, demostração de carinho, respeito e amizade.
Amo cada um de um jeito especial.
Bjs

Roberta



Mudar: (do latim mutare) v. tr. transferir de um lugar para

outro; deslocar; dispor de outro modo; variar; modificar; alterar; transformar; dar outra direcção a; desviar; substituir (uma coisa por outra); renovar; v. int. tornar-se diferente do que era fisicamente ou moralmente; tomar outro aspecto; seguir nova direção.

Todas as pessoas têm a capacidade de mudar. Podem mudar o corte de cabelo, podem mudar de casa, podem mudar de estilo, de emprego, de namorado(a), de hábitos. Podem mudar qualquer coisa, até mesmo alguns aspectos da sua personalidade. Nem todas as mudanças têm que ser obrigatoriamente para melhor, e acontecem quando as pessoas passam por uma experiência de vida marcante ou, por vezes, quando a sua própria personalidade grita que é preciso haver uma reforma. No fundo se não tivéssemos esta capacidade de mudar, de renovar, não nos conseguiríamos adaptar ao ambiente que nos rodeia e, no fundo, seríamos apenas pessoas que não se conseguiriam socializar, que não interagiam, não colaboravam, ou seja, seria certa a nossa extinção. Felizmente temos esta capacidade, esta habilidade, de fazer de uma queda uma forma de aprender… de fazer de um sorriso uma maneira de encarar a vida com mais alegria… Como me disse uma pessoa por quem tenho um grande carinho “a perfeição nunca conseguirás atingir, mas se podes ser melhor, se podes dar tudo o que tens em tudo o que fazes, então fá-lo…” E é esta mesma mudança que todos deveríamos procurar em direção ao melhor que nós temos e que podemos dar aos outros, em direcção ao céu… sim, porque o céu é o limite…

Depois do ano 2008 complicado, atribulado, com muito suor, muitas desilusões, muitas lágrimas, muitas noites de estudo e trabalho “como se não houvesse amanhã”, o que não me matou só me tornou mais forte, … mudou de forma positiva (sem dúvida) e me preparou para conseguir enfrentar o que der e vier… estou pronta!


Encaminho, estas palavras são para quem passou ou passa por isso… Porque este ano foi tão atribulado para mim como para todos os que me rodearam e que sempre me apoiaram apesar do cansaço… E que estas atribulações consigam trazer para mim e para quem participou da minha vida durante essas dificuldades , uma mudança, rumo não à perfeição, mas ao melhor de cada um …
Uma luta constante... E com Deus ao lado!

Obrigada por tudo!

PONTO DE VISTA ;)

Meu ponto de vista em alguns momentos da vida!

Expectativa – s.f., esperança baseada em supostos direitos, probabilidades ou promessas; esperança; probabilidade; expectação.
Não consigo acreditar que as pessoas possam mudar de um dia para o outro. Acredito na mudança, sim, mas quando esta mudança é gradual, vai surgindo com o passar do tempo, e que se verif
ica sobretudo quando conhecemos as experiências pelas quais as pessoas vão passando e que as levam a essa mesma mudança. A partir do momento que conhecemos uma pessoa, começamos por criar na nossa mente um perfil imaginário de modo a que sempre que esta pessoa se comporte de determinada maneira, se enquadre no perfil por nós delineado… Criamos a famosa expectativa… Achamos que a pessoa é previsível e a nossa ideia ali fica… até chegar por fim a desilusão…

Desilusão – s.f., perda de ilusão; desengano; decepção. Talvez esteja a ser dura demais, mas no fundo, parte da culpa desta desilusão é nossa… é de quem cria aquele perfil imaginário e espera que os outros sejam previsíveis, de acordo com a imagem que nós criamos, sem respeitar a essência da outra pessoa! Antes de chegar ao pé de uma pessoa e dizer “tu desiludiste-me” vou fazer um esforço especial para pensar “espera lá, afinal de contas eu é que pensei que ele(a) fosse reagir assim”...

"...Só se vê bem com o coração..."


Como forma de "viver" , deixo-vos este post, com palavras soltas do livro Principezinho de Antoine de Saint-Exupéry...
Vale a pena relembrar (para aqueles que já conhecem a obra) ou para deixar um gostinho e um convite à leitura (para aqueles que não conhecem)...
Espero que gostem :)


«Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões e milhões de estrelas, isso basta para que seja feliz quando a contempla. Ele pensa: "A minha flor está lá, nalgum lugar..." Mas se o carneiro come a flor, é para ele, bruscamente, como se todas as estrelas se apagassem!»

«O principezinho foi rever as rosas:
- Vocês não são absolutamente iguais à minha rosa, vocês não são nada ainda. Ninguém ainda vos cativou, nem vocês cativaram ninguém. São como era a minha raposa. Era uma raposa igual a cem mil outras. Mas eu fiz dela um amigo. Ela é agora única no mundo.»

«São belas, mas vazias, disse ele ainda. Não se pode morrer por vocês. A minha rosa, sem dúvida um transeunte qualquer pensaria que se parece convosco. Ela sozinha é, porém, mais importante que todas vós, pois foi a ela que eu reguei. Foi a ela que pus sob a redoma. Foi a ela que abriguei com o pára-vento. Foi dela que eu matei as larvas (excepto duas ou três por causa das borboletas). Foi a ela que eu escutei queixar-se ou gabar-se, ou mesmo calar-se algumas vezes. É a minha rosa.»

«Adeus - disse a raposa - Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos. Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante.»

E que valeu a pena..


"Quero, um dia, dizer às pessoas que nada foi em vão...
Que o amor existe, que vale a pena doar-se às amizades e às pessoas, que a vida é bela sim e que eu sempre dei o melhor de mim...
e que valeu a pena."

Palavras de Mário Quintana... Tal como ele, também acredito que vale sempre a pena dar o nosso melhor aos outros e acreditar que a vida é bela sim, apesar de por vezes haver dificuldades, estas apenas nos tornarão mais fortes e irão permitir apreciar a beleza que sempre existiu ao nosso redor, mas nem sempre estamos dispertos para reparar nela...
E tudo valerá a pena...

Quebra ao silêncio...



Já dizia Martin Luther King, o que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons...
Provavelmente já conhecem estas palavras, visto fazerem parte de um mail que tem vindo a circular por todos nós... Contudo, acho que não custa nada relembrar (para aqueles que já o tiveram na caixa de correio)... Que estas palavras consigam inspirar muitas pessoas, pois apesar de pensarmos que estamos numa sociedade onde "isto já não acontece" como muitos dizem, ainda costumo presenciar cenas que não lembram a ninguém...


A seguinte cena aconteceu num voo da British Airways entre Johannesburgo (África do Sul) e Londres. Uma mulher branca, aproximadamente de 50 anos, chegou ao seu lugar na classe económica e viu que estava ao lado de um passageiro negro. Visivelmente perturbada, chamou a Assistente de bordo.
“Qual o problema, senhora?” Perguntou a Assistente “Não está a ver?” - respondeu a senhora – “vocês colocaram-me ao lado de um negro. Não posso ficar aqui. Vocês têm de me arranjar outro lugar!” “Por favor, acalme-se” - disse a hospedeira – “infelizmente, todos os lugares estão ocupados. Porém, vou ver se ainda temos algum disponível”. A Hospedeira afasta-se e volta alguns minutos depois. “Como eu disse, não há nenhum outro lugar livre na classe económica. Temos apenas um lugar na primeira classe. Falei com o Comandante sobre este problema”'. E antes que a mulher fizesse algum comentário, a hospedeira continua: “Veja, não é comum que a nossa companhia permita a um passageiro da classe económica sentar -se na primeira classe. Porém, tendo em vista as circunstâncias, o comandante pensa que seria escandaloso obrigar um passageiro a viajar ao lado de uma pessoa desagradável e indigna.” E, dirigindo-se ao senhor negro, a comissária prosseguiu: “Portanto, senhor, caso queira, por favor, pegue a sua bagagem de mão, pois temos para o senhor um lugar na primeira classe...” E todos os passageiros próximos, que, estupefactos, assistiam à cena, começaram a aplaudir, alguns de pé… Que se considere o meu silêncio quebrado...

REFLEXÃO

Olá pessoal, muito tempo ausente, correria total. Recebi esse texto, achei interessante e deixo aqui no meu blog. Abraços e até a próxima!

Um dia deixarei recordações aquelas que guardamos com muito amor, outras de alguma dor, a maldade a injustiça, mas a vida é feita disto e nada mudará, Mas defenderei, as minhas convicções, as minhas esperanças e até os meus medos, mas a este o enfrentarei com um sorriso nos lábios e meus olhos brilharão. Não sou perfeita longe disso, como humana que sou. Ficarei de pedra e cal, contra a injustiça e falta de solidariedade, mas sobretudo amizade, ela deve ser pronunciada de letra grande. Pois à última ela tem de reger pelos princípios da fraternidade entre amigos que se gostam, nada pela metade, mas sim por inteiro como deve. Hoje em dia se assiste a muita falta de princípios, como tal o que é hoje não será amanhã. Sempre darei a mão, mas não voltarei atrás da minha forma de pensar e estar,só assim se poderá ser melhor e fazer uma sociedade mais justa.
(Texto enviado sem autor)

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

APRENDA COM CACHORROS


....Tente....
1 - Nunca deixe passar a oportunidade de sair para um passeio;
2 - Experimente a sensação do ar fresco e do vento na sua face por puro prazer;
3 - Quando alguém que você ama se aproximar, corra para saudá-la(o);
4 - Quando houver necessidade, pratique a obediência;
5 - Deixe os outros saberem quando invadiram o seu território;
6 - Sempre que puder, tire uma soneca e se espreguice antes de se levantar;
7 - Corra, pule e brinque diariamente;
8 - Coma com gosto e entusiasmo, mas pare quando estiver satisfeito;
9 - Seja sempre leal;
10 - Nunca pretenda ser algo que você não é;
11 - Cave até encontrar o que você quer;
12 - Quando alguém estiver passando por um mau dia, fique em silêncio, sente-se próximo e, gentilmente, tente agradá-lo;
13 - Se um rosnado resolver, não morda;
14 - Nos dias mornos, deite-se de costas sobre a grama;
15 - Nos dias quentes, beba muita água e descanse embaixo de uma árvore;
16 - Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.

♥ Reflexão ♥

Saímos pelo mundo em busca de nossos sonhos e ideais. Muitas vezes colocamos nos lugares inacessíveis o que está ao alcance das mãos.(Paulo Coelho)

domingo, 12 de outubro de 2008

NOSSA SENHORA APARECIDA 12 DE OUTUBRO 2008.


Em 1717 foi encontrada por pescadores, no rio Paraíba, uma imagem da Senhora da Conceição. Primeiro encontraram o corpo sem cabeça e logo após, a cabeça. O pescador Filipe Pedroso guardou a imagem em sua casa, onde passou a ser venerada pela família e por demais pessoas. Com o tempo, foram sendo atribuídos à imagem, diversos milagres.
A devoção foi crescendo e com o passar do tempo a imagem foi sendo chamada pelo povo de Senhora da Conceição Aparecida. Seu escultor foi, com grande probabilidade, Frei Agostinho de Jesus OSB por volta de 1650, em Sant’Ana do Parnaíba. Supõe-se que alguém, por estar a imagem quebrada, lançou-a às águas do rio. Em 1741 iniciou-se a construção de uma igreja nova para veneração e culto à imagem. Em 1888 foi terminada pelo Frei Monte Carmelo OSB a chamada Basílica Velha e inaugurada solenemente pelo então bispo de São Paulo, D. Lino Deodato. A importância da figura de Maria na Igreja, prende-se à importância do papel que ela teve na história da salvação, particularmente importante no mistério da encarnação junto ao Messias: mãe. Discreta durante o nascimento do Redentor, foi também uma presença discretíssima durante a vida pública de Jesus. Quantos fatos ela apenas “guardava em seu coração”! E finalmente nos é dada como mãe, pelas palavras do próprio Salvador. Maria, repleta dos dons do Espírito Santo, mãe da Igreja, prolonga sua preciosa presença até o fim dos tempos, derramando sobre os membros de Cristo as graças que possui em plenitude. A presença de Maria é um fio de ouro encontrado no tecido da história da salvação. Daí os cristãos, desde o início da Igreja reconhecerem a grandiosidade desta figura e prestarem culto a Deus através dos mais importantes momentos da vida de Maria e suplicarem sem cessar sua intercessão.



Querida Mãe! Vós, que nos amais e nos guiais todos os dias;
Vós, que sois a mais bela das Mães,
a quem eu amo com todo o coração! Eu Vos peço, mais uma vez. que me ajudeis a alcançar esta graça, por mais dura que ela seja!
Sei que Vós me ajudareis
e me acompanhareis sempre, até a hora de minha morte.
Amém!

VALEU, VALEU POR TUDO...


Essa mensagem dedico a muitos amigos que me acompanharam, me acompanham, que acreditam e participam diretamente e indiretamente da minha vida.Obrigado por tudo...

Existem pessoas em nossas
vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigo. Há muitos tipos de amigos. Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.

O primeiro que nasce do broto é
o amigo Pai e a amiga Mãe. Mostram o que é ter vida. Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós. Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem. Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho. Muitos desses denominados amigos do peito, do coração. São sinceros, são verdadeiros. Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...

As vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado. Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés. Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto, não podemos
esquecer dos amigos distantes. Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra. O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas. Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.

Lembranças de momentos
maravilhosos enquanto cruzavam com o nosso caminho. Desejo a vocês, folhas da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade... Hoje e Sempre... simplesmente porque cada pessoa que passa em nossa vida, é única. Sempre deixa um pouco de si conosco e leva um pouco de nós consigo. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso...

UMA REFLEXÃO PARA ESSE DOMINGO


Aprendi que amores eternos podem acabar em uma noite; Que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos; Que o amor, sozinho, não tem a força que imaginei; Que ouvir aos outros é o melhor remédio e o pior veneno; Que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos; Que os poucos amigos que te apóiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram; Que o “nunca mais“ nunca se cumpre; Que o “para sempre“ sempre acaba; Que minha família com suas 1000 diferenças, está sempre aqui quando eu preciso; Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de mãe desde que o mundo é mundo; Que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo;que ninguém vive sozinho, e principalmente: Aprendi que vou cair e levantar milhões de vezes... E ainda não vou ter aprendido tudo.

Procure o sentido da sua vida.



Olhe as árvores. Todas têm raiz, cerne,
galhos, folhas, mas não são iguais. Umas só dão frutos. Outras, flores ou sombra. E outras, tudo isso. Busque saber para o que veio. Reflita. O seu caminho é você quem faz. Ande, que ele aparece. Busque ouvir o que o seu íntimo diz, sinta o que faz surgir a sua alegria. Analise as verdades que vêm de dentro, as mensagens que trazem, o que esperam que você faça. Conheça-se. A felicidade caminha ao seu lado quando você coloca os pés num bom sentido.

Olha a Hora!!!

relojes web gratis