♥ CITAÇÕES DO DIA ♥

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Reflexão para hoje!!!



"Há quem duvide, mas... EU AMO TODO MUNDO!!!
 Alguns eu amo ter por perto... Outros eu amo evitar... Outros eu amo bem longe de mim... E tem aqueles que eu amaria nem ter conhecido!"

domingo, 4 de setembro de 2011

Essa tal felicidade ...(Por Rosa Guerrera)

Uma linda mensagem de uma grande amiga, que me ensinou muito no decorrer de nossa convivência.
Como sou fã sou suspeita em dizer, mas nunca li escritos como os dela!
Uma poetisa, bjão pra vc Tchuca!



“A vida apresenta poucas oportunidades para sermos felizes ( as vezes , apenas uma) e não devemos correr o risco de perde-la”
Parece até ironia que eu tenha um dia ( sei lá quando ) escrito essa frase numa velha agenda de muitos anos passados . Justo eu , que tantas vezes fui apresentada a sonhos maravilhosos, e oportunidades fantásticas para usufruir o melhor de uma felicidade ,e que por descuido ou absorção total com outras atividades , não só corri o risco de perde-la, mas perdi mesmo a chance de saborear esse momento chamado curto e eterno pelos poetas.
Quem sabe então eu nem tivesse tempo para entender o melhor de um simples instante!
Hoje , com tantos anos vividos , tantas experiências contidas na memória , fico a pensar o quanto somos egoístas quando jovens , acreditando que a felicidade tem que ser completa , e não aproveitada nos mínimos detalhes .
A impressão que tenho é , que quando escrevi um dia essa frase , eu não analisei calmamente o seu verdadeiro sentido. Fazer o que ?
Quando vivemos em plena primavera , a amplidão do nosso horizonte sempre nos parece cada vez maior , e assim deixamos inúmeras chances para serem aproveitadas no amanhã , e exatamente por isso quando o outono faz parte das nossas vidas , é que entendemos um pouco tarde, que perdemos realmente a oportunidade de um dia sermos felizes .
...(Por Rosa Guerrera)...

MENSAGEM PARA ESSE DOMINGO!!!



Hoje vivemos num mundo tão veloz que acabamos por tropeças em nós mesmos. Só vivemos com pressa, atrasados, com hora marcada para alguma coisa o tempo todo. Nunca paramos. Nunca temos tempo para as pequenas coisas, pequenos detalhes e para pessoas que podem se ou são especiais. Esquecemos de ser nós mesmos no meio dessa multidão de gente corrida da cidade grande.
E isso não está mais sendo exclusividade das grandes capitais. Vejo cidades do interior correndo atrás de não sei qual prejuízo. Pessoas tentando sobrepor metas e desafios e esquecendo de apreciar o hoje, o agora. Estamos esquecendo de nós mesmos.
Quanto tempo faz que você não observa uma flor se abrir, um passarinho cantando livremente, aprecia o sol, deita na grama, corre com seus filhos, observa as pessoas andando na rua, paquera com desconhecidos em plena luz do dia somente com sorrisos? Quanto tempo faz que você não realiza algo para si mesmo, para o tempo para cuidar do seu eu interior? Que não vai a sua igreja, ou seu culto ou a seu orientador espiritual ou seja lá no que você acreditar.
Comecei a pensar nisso depois de ver essa linda foto que ilustra meu post feita por um novo amigo que conheci aqui na internet, o Christian Leal, que na correria do dia a dia no retorno do trabalho para casa captou com sua lente o movimento constante da pressa de todos nós. Quando é que vamos parar para prestar atenção que existem outras coisas e pessoa à nossa volta que precisam desse tempo que muitas vezes jogamos fora fazendo outras coisas nada de prioritárias ou realmente importantes?
Já beijou seus filhos hoje? Já abraçou um amigo querido? Disse ao seu marido, esposa ou namorado que os ama? Falou para seus pais que sentiu saudade de estar com eles? Faz quanto tempo que você não senta à mesa com amigos ou familiares para aproveitar de verdade um jantar? Hoje tudo é rápido, é urgente, é instantâneo, enfim, é descartável. Estamos tornando a velocidade de tudo em vidas descartáveis e desagradáveis a cada dia. Estou começando a me desacelerar, eu preciso, ou irei me perder no meio do caminho.

Reflexão


Deixando o Melhor de Mim
?"Sabe aquele milho que sobra na panela e se recusa a virar um floquinho branco, macio e alegre? Se chama piruá.
Tem muita gente piruá neste planeta. Gente que não reage ao calor, que não desabrocha. Fica ali, duro, triste, inútil pro resto da vida. Não cumpre sua sina de revelar-se, de transformar-se em algo melhor. Não vira pipoca, ...mantém-se piruá. E um piruá emburrado, que reclama que nada lhe acontece de bom.
Pois é... perdeu a oportunidade de entregar-se ao fogo, tentou se preservar, danou-se.
Com isso quero mostrar para aqueles que têm vocação para piruá, que o importante na vida é reagir às emoções e não se manter frio, fechado, feito um grão de milho que não honrou seu destino."
((Martha Medeiros))

Olha a Hora!!!

relojes web gratis